Prevenção da hipertensão – como prevenir o aumento da pressão arterial?

By | 15.12.2021

Qualquer médico pode confirmar a informação de que a prevenção das doenças cardiovasculares é o melhor tratamento. A hipertensão (hipertensão) é uma das doenças cardíacas mais comuns. Mas se você tomar as medidas corretas para evitar esse problema, haverá mais proteção contra possíveis complicações.

Algumas estatísticas:

Entre 1972 e 1992, os Estados Unidos introduziram medidas preventivas para prevenir os riscos de pressão alta não controlada. De acordo com estatísticas publicadas, isso reduziu a mortalidade por doença coronariana em mais de 50% e por acidente vascular cerebral em mais de 70%.

Prevenção primária e secundária da hipertensão

No decorrer do estudo dos problemas do tratamento da hipertensão arterial, formou-se um determinado conjunto de medidas, que se divide condicionalmente em prevenção primária e prevenção secundária. A prevenção primária inclui a neutralização dos principais fatores de risco que contribuem para o desenvolvimento da hipertensão: estresse, álcool, excesso de peso, junk food e níveis de colesterol no sangue.

Quanto à prevenção secundária, destina-se a pessoas que já encontraram este problema e visa eliminar possíveis recidivas após um curso de tratamento concluído com êxito. A essência da prevenção secundária é mudar o estilo de vida de uma pessoa, incutir nela hábitos alimentares saudáveis ​​e uma atitude mais respeitosa para com o seu corpo.

Princípios básicos de prevenção da hipertensão

Se você deseja evitar episódios de pressão alta, preste atenção aos seguintes pontos importantes:

  • Correção da dieta e nível de atividade física.
  • Controle a porcentagem de gordura corporal.
  • Controle dos níveis de colesterol e açúcar no sangue.
  • Cumprimento das recomendações de nutricionistas e médicos para manter um estilo de vida saudável.
  • Abandono de maus hábitos (álcool, fumo).
  • Regulação do nível de estresse.

Quais alimentos podem reduzir a pressão arterial?

Para pessoas com tendência à hipertensão ou doenças cardiovasculares, alimentos ricos em ácidos graxos ômega-3 e vitaminas são recomendados. Um lugar especial nesta lista é ocupado por peixes com baixo teor de gordura, carnes de aves, laticínios, frutas e vegetais frescos. Mas fast food, gorduras saturadas e carboidratos rápidos terão que ser eliminados ou minimizados tanto quanto possível em seu cardápio diário. Uma solução adicional pode ser a ingestão de suplementos dietéticos especiais com um efeito hipotensor pronunciado. Hoje, muitos especialistas destacam as propriedades benéficas das cápsulas de Cardiol na prevenção e tratamento da hipertensão.

Que tipo de exercício pode ajudar a manter o coração saudável?

O treinamento cardiovascular e a atividade física moderada são a melhor prevenção de muitas doenças. O nível de atividade depende do seu condicionamento, idade e quantidade de tempo livre. Mas mesmo o horário de trabalho mais movimentado deve incluir pelo menos 40-50 minutos de exercícios vigorosos por dia. Correr é o “amigo” ideal para um coração saudável. Mas se você tiver problemas nas articulações ou contra-indicações de funcionamento, poderá encontrar outras maneiras de bombear o sistema circulatório. Isso pode ser natação, esqui, bicicleta ergométrica e muitos outros. Mesmo ioga ou pilates podem dar um resultado positivo, por isso recomendamos que você preste atenção a esses esportes.